Edições Pirata 40 Anos na Folha de Pernambuco

Na Folha de Pernambuco, a ótima matéria sobre a Edições Pirata a partir de entrevistas com Myriam Brindeiro e Eugênia Menzes, além de depoimentos de Andréa Mota e Nilza Lisboa. Foto de Rafael Furtado – Folha de Pernambuco.  Acesse: clique aqui. 

 

Myriam Brindeiro e Eugênia Mnezes. Depoimento para a Folha de Pernambuco, na matéria sobre a Edições Pirata 40 Anos. Fotos de Rafael Furtado e Caio Danyalgil tespectivamente.

Myriam Brindeiro e Eugênia Menezes. Depoimento para a Folha de Pernambuco, na matéria sobre a Edições Pirata 40 Anos. Fotos de Rafael Furtado e Caio Danyalgil tespectivamente da Folha PE.

 

 "Eu acho que foi um verdadeiro milagre, porque ninguém tinha dinheiro, mas a coisa ia acontecendo" MYRIAM BRINDEIRO. Folha de Pernambuco, 7 de setembro de 2019. Foto de Rafael Furtado - FP.


“Eu acho que foi um verdadeiro milagre, porque ninguém tinha dinheiro, mas a coisa ia acontecendo” MYRIAM BRINDEIRO. Folha de Pernambuco, 7 de setembro de 2019. Foto de Rafael Furtado – FP.

 

Myriam Brindeiro ladeada por Andréa Mota e Nilza Lisboa que deram depoimento sobre a Edições Pira para a Folha de Pernambuco.

Myriam Brindeiro ladeada por Andréa Mota e Nilza Lisboa que também deram depoimento sobre a Edições Pira para a Folha de Pernambuco.

 ‘Foi umas das coisas mais bonitas que vivi”, diz Eugênia Menezes à Folha PE.

 “Foi ali que comecei a me tornar atriz”, Nilza Lisboa para a Folha PE.

“Eu acho que foi um verdadeiro milagre, porque ninguém tinha dinheiro, mas a coisa ia acontecendo”, lembra Myriam Brindeiro, que musicou algumas das poesias da coleção da editora dentro de oito de seus álbuns.  Myriam Brindeiro para a Folha PE.

Em vídeo: Encontro inaugura comemorações dos 40 anos da Edições Pirata na Brindeirarte

Myriam Brindeiro, Salete Rêgo Barros e Eugênia Menezes cortam o bolo. Recife, Brindeirarte, 17 de agosto de 2019.

Myriam Brindeiro, Salete Rêgo Barros e Eugênia Menezes cortam o bolo. Recife, Brindeirarte, 17 de agosto de 2019.

 

Em Recife, dia 17 de agosto de 2019, às 17h, na Brindeirarte antiga casa de Myriam e Alberto, onde funcionou a Edições Pirata de novembro de 1979 até março de 1984, aconteceu a abertura do projeto das comemorações pelos 40 dessa editora alternativa, uma das mais representativa do movimento editorial brasileiro.  À frente, Myriam Brindeiro, pela Brindeirarte, e Salete Rêgo Barros, pela Cultura Nordestina Letras  Artes. Presente o editor Tarcísio Pereiro dono da Livraria Livro 7, onde aconteceu o primeiro lançamento da Pirata e Juarez Correia, autor do projeto original, além de escritores e escritoras participantes do grupo inicial e outros editados. O encontro registra depoimentos informais importantes sobre o movimento.

Neste site, você encontra canções de Myriam Brindeiro compostas a partir de poemas de autores editados pela Pirata. Entre eles (clique nos nomes para ouvir): Alberto da Cunha Melo, Arnaldo TobiasCésar LealEugênia Menezes, Gilberto Freyre, Jaci Bezerra,  Paulo Gustavo, Vernaide Wanderley e muitos outros.

Lançamento do projeto Edições Pirata 40 Anos, na Brindeirarte

Primeiros flashes do lançamento do projeto Edições Pirata, 40 anos, com o lançamento do CD “Myriam Brindeiro canta Myriam Brindeiro”, vol. 3, ontem, sábado, 17, na Brindeirarte.
O projeto é assinado por Juarez Correia e administrado por Myriam Brindeiro (leia-se Brindeirarte) e Salete Rêgo Barros (leia-se Cultura Nordestina) que se unem para vivificar um dos mais importantes fenômenos editoriais alternativos do país: as Edições Pirata.

 

Imagem1

 

 

Slide7

 

Slide10

 

Slide2

 

 

Slide5

 

Slide1

 

abc3

 

cd3a

 Page 1 of 42  1  2  3  4  5 » ...  Last »