“Voo Sideral”

Poema e Música de Myriam Brindeiro

Myriam Brindeiro

Voo Sideral

Eu quero ir vivendo à toa
Sem fazer esforço, sem me preocupar
Eu quero flutuar na vida
Como um astronauta, sem nada pesar
Eu quero ficar sempre leve
Coração aberto, alma de algodão
Eu quero rebolar no espaço
Sem preocupação

Eu quero ser como um foguete
Que sobe direto, vai logo ao seu fim
Eu quero chegar lá na Lua
Comer um pedaço do seu alfenim
Montar na cauda de um cometa
Correr nos espaços, livre, sem ninguém
Olhar de longe a terra, tirar fino
Nesse vai e vem.
(mais…)

“História”

Poema e Música de Myriam Brindeiro

Myriam Brindeiro

História

O padeiro Francisco alimentava a freguesia
E o neto Francisquinho a sua arte aprendia
Depois vendia tudo, da bolacha ao brim de linho
Tinha uma barbearia e sabia comandar
Era muito respeitado, coronel e delegado
Dos cabras de Lampião não gostava de falar

Djair chegou depois, após ele, dez e dois

Estudo lá em Monteiro, depois foi pra João Pessoa
Medicina no Recife, no Rio foi Senador
Esteve pelas Europas representando o Brasil
Das gentes que viu nascer, já passa muito de mil
Gosta de tudo bem certo, nada fora do lugar
Embora esconda e não diga, vive só para amar.

(mais…)

“Filhos de cabeça”

1000

 

Poema e Música de Myriam Brindeiro

Filhos de cabeça

 

Cada música é
um filho/filha
do coração.
Os cílios limpa os olhos
para ver a claridade
para ver a união.
O espírito chega limpo
mostra o caminho a seguir.
Os sons e as letras se arrumam
e formam o corpo inteirinho:
pernas, braços, tronco, órgãos todos
O coração
(mais…)

 Page 1 of 12  1  2  3  4  5 » ...  Last »